Angola terá maior contração da economia dos últimos 38 anos – Analistas

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

O Cedesa, entidade de análise, considera que o Orçamento do Estado revisto mostra que Angola terá “a maior contração dos últimos 38 anos”, mas que o preço estimado do petróleo dá margem ao Governo para reformas.

“Na verdade, segundo o relatório de fundamentação do OGE revisto, elaborado pelo Ministério das Finanças, projeta-se a maior contração da economia angolana dos últimos 38 anos, com o PIB a contrair -3,6%”, afirma o Cedesa, numa análise ao OGE revisto de Angola, a que a Lusa teve acesso.

Porém, o grupo de académicos portugueses e angolanos que integram aquela entidade, consideram que “se o OGE revisto prevê um preço de 33 dólares por barril [de petróleo] e este vai estando acima dos 40 dólares, podendo subir” isto “quer dizer que existe alguma margem de manobra para o Governo” angolano poder fazer reformas necessárias.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Designed by nzaylakasesa,lda.