Atentado na Síria mata sete pessoas e faz 60 feridos em dia de eleições

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Pelo menos sete pessoas foram mortas e cerca de 60 ficaram feridas num atentado no norte da Síria, numa estrada que leva à passagem de Bab al-Salam, na fronteira com a Turquia, segundo o Observatório Sírio de Direitos Humanos (OSDH).

De acordo com a mesma fonte, em dia de eleições legislativas, o ataque ocorreu na província de Aleppo, numa área mantida pelo exército turco e pelas forças auxiliares sírias. Estas áreas são regularmente atingidas por ataques ou assassinatos direcionados, num cenário de disputas internas, adianta o OSDH.

“Um carro-bomba explodiu num rotunda que levava à entrada do posto de fronteira de Bab al-Salam”, disse à AFP o diretor do Observatório, Rami Abdel Rahmane, acrescentando que o incidente provocou “sete” mortos, entre os quais cinco civis, e “mais de sessenta feridos, incluindo mulheres e crianças”.

O posto fronteiriço de Bab al-Salam foi um dos pontos de entrada da ajuda humanitária transfronteiriça da ONU no norte da Síria.

Em julho foi removido o contingente da ONU, conforme desejado pela Rússia, que usou o seu veto no Conselho de Segurança.

Em abril passado, mais de 40 pessoas foram mortas, segundo o OSDH, num ataque com um camião cisterna num mercado em Afrin, uma cidade mantida pelas forças oposicionistas na região de Aleppo.

Com início em 2011, a guerra na Síria tornou-se mais complexa ao longo dos anos, com o envolvimento de potências estrangeiras e o aparecimento de grupos jihadistas.

O conflito já provocou mais de 380.000 mortos e levou milhões de pessoas a caminho do exílio.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Designed by nzaylakasesa,lda.