Presidente do Malawi pede oração e jejum para travar a covid-19

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

O presidente do Malawi, Lazarus Chakwera, pediu aos cidadãos que se juntem a ele em jejum e oração contra a propagação e o impacto do coronavírus no país.

O presidente pediu que “todos os cidadãos e moradores do Malawi com inclinação religiosa” jejuem e orem por três dias a partir desta quinta-feira (16).

Lazarus Chakwera declarou, igualmente, o próximo domingo, um dia nacional de ação de graças.

“O presidente pede que as orações sejam direcionadas a recuperação dos infetados e afetados pelo vírus; a proteção e o sustento dos profissionais de saúde na linha de frente da luta, a proteção e a diligência daqueles que ainda não contraíram o vírus.”, e a eficácia da comissão presidencial encarregada com o combate à Covid-19″, afirmou um comunicado assinado pelo ministro da Informação, Gospel Kazako.

O presidente é um ex-pastor que liderou a igreja das Assembleias de Deus do Malawi por 24 anos.

Lazarus Chakwera tornou-se líder do então Partido do Congresso do Malawi da oposição em 2013 sem experiência política e foi eleito presidente nas eleições repetidas de 23 de junho do ano corrente, vencendo Peter Mutharika, depois das eleições realizadas um ano antes, em maio de 2019, terem sido anuladas por fraude eleitoral.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Designed by nzaylakasesa,lda.