Obras da nova sede da CNE arrancam este mês

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

As obras da nova sede da Comissão Nacional Eleitoral (CNE) arrancam a próxima semana, em Luanda, tendo como prazo para a sua conclusão 18 meses.

A informação foi avançada esta quinta-feira pelo porta-voz da instituição, Lucas Quilundo, no final de uma reunião plenária que reapreciou o programa nacional das actividades da Comissão para o ano em curso.

Orçado em 44 milhões 731 mil e 750 dólares, a empreitada estará a cargo da empresa Mitrelli Group, Ltd e inclui a construção do Centro de Escrutínio Nacional.

Lucas Quilundo adiantou que a sessão de hoje serviu igualmente para avaliar os resultados das missões do presidente da CNE, Manuel Pereira da Silva, as províncias Bié, Huambo, Uíge, Malanje, Lunda Norte, Benguela e Namibe.

No encontro, a CNE debruçou-se sobre o estado dos edifícios sede das comissões provinciais eleitorais que ficaram por inaugurar em 2014, bem como a situação das estradas.

“Num período de eleições é importante que as vias estejam boas para que a CNE não tenha dificuldades na sua acção”, sublinhou o porta-voz.

Por último, os participantes da reunião receberam informações sobre a perca de mandato de dois membros da comissão municipal eleitoral, Cecília Maria de Caluquembe (Huíla) e Monteiro Eliseu, do município Tchicala-Tcholoanga (Huambo), por assumirem funções que são incompatíveis com o estatuto da comissão nacional eleitoral.

O impacto da pandemia da COVID19 também deve em analise no programa da CNE durante este 2020. 

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Designed by nzaylakasesa,lda.