Governante estima maior liquidez com nova família do Kwanza

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

O governador do Bié, Pereira Alfredo, estima que com a introdução das novas notas da família do Kwanza “Série 2020”, a moeda nacional terá mais liquidez, augurando maior estabilidade macroeconómica no contexto financeiro nacional.

O governante admitiu o facto na apresentação, quinta-feira, da referida família de notas do kwanza aos membros do Governo do Bié, feita pelo delegado regional do Banco Nacional de Angola (BNA), Rafael Bumba.

O governador Pereira Alfredo tranquiliza as famílias e agentes económicos, de que a introdução das novas notas visa tão somente garantir periodicamente a segurança da moeda nacional angolana face ao branqueamento e outro tipo de falsificação. 

Já o delegado regional do BNA, Rafael Bumba, reafirmou o facto desta “Série 2020” da nova família de notas do kwanza ser mais segura, com características que dificultam a sua falsificação, por estar dotada de substratos de polímero (plástico) que a torna mais resistente e com maior durabilidade, do que as de papel em circulação.

Acto do género realizou-se dois dias antes no Huambo e na sequência do primeiro ocorrido recentemente na capital do país, Luanda, sob orientação do governador do BNA, José de Lima Massano.

Tal família de notas do Kwanza, a ser introduzida no mercado nacional a partir do dia 30 de Julho deste ano, tem como novidade a esfinge estampada com o rosto do primeiro Presidente de Angola, António Agostinho Neto, ao contrário da actual que inclui o ex-chefe de Estado, José Eduardo dos Santos.

Aprovadas pela Assembleia Nacional (AN), em Janeiro deste ano, as novas notas, no valor facial de 200, 500, 1000, 2000, 5000 e 10000 kwanzas, foram também ilustradas com as maravilhas naturais de Angola.

Porém, admitiu o facto de a “Série 2020” das aludidas notas chegar numa altura em que a moeda nacional já leva de 16,9 a 17,2 por cento na sua desvalorização, sem avançar mais argumentos a propósito.

O kwanza tornou-se na moeda oficial de Angola a 08 de Janeiro de 1977, dois anos depois da proclamação da Independência Nacional, a 11 de Novembro de 1975.

No seu percurso cronológico, a moeda nacional sofreu algumas ligeiras adaptações quanto a sua designação, como Novo Kwanza, Kwanza Reajustado e novamente Kwanza.

Estiveram presentes no evento, directores dos Gabinetes provinciais e administradores municipais.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Designed by nzaylakasesa,lda.