Adingono deixa comando do Petro

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Oito anos depois, o técnico camaronês Lazare Adingono deixa a equipa de basquetebol do Petro de Luanda, após longo tempo de negociação com a direcção da agremiação, que resultou em não acordo de renovação contratual.

O treinador impunha duas épocas como condição para novo contrato, enquanto os “petrolíferos” pretendiam vínculo por apenas uma, segundo o presidente da colectividade, Tomás Faria.

Em recente entrevista à Angop, por ocasião da Assembleia de Sócios, o então vice-presidente da colectividade para o basquetebol, Artur Barros, confirmou este diferendo entre as partes.

Referiu, na altura, que já se estava no mercado, nacional e internacional, em busca de um substituto como medida de prevenção.

O novo vice-presidente para a modalidade, Anselmo Monteiro, terá agora a responsabilidade de encontrar outro treinador para o campeão nacional, num clube cujas eleições, em lista única, acontecem este sábado e a tomada de posse na segunda-feira.

Desde 2012 nos “tricolores”, Lazare Adingono, que substituiu o português Alberto Babo, conquistou dois Campeonatos Nacionais (2015 e 2019), duas Taças de Angola (2013 e 2014) e uma Taça dos Clubes Campeões Africanos (2015).

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Designed by nzaylakasesa,lda.