Inquérito apura fuga de detido na Comarca de Moçamedes

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

O ministro do Interior, Eugénio Laborinho, anunciou esta quinta-feira a instauração de um inquérito para apurar as causas da fuga do detido Eusidio Correia, condenado a 23 anos de prisão, por prática de crimes de roubo, violação de menores e furtos qualificados.

Considerado altamente perigoso, Eusidio Correia evadiu-se há uma semana da cadeia da Comarca da cidade de Moçamedes, na província do Namibe, estando em parte incerta.

Ao responder as inquietações dos deputados, durante a discussão na especialidade do Orçamento Geral Estado 2020 revisto, o ministro informou que as forças de defesa e segurança estão a trabalhar para capturar o foragido, que por diversas vezes já se evadiu de prisões do país.

Para evitar que situações do género voltem a acontecer no mesmo estabelecimento prisional, o ministro do Interior referiu que estão em curso obras de restauro.

Enquanto decorrer as obras, os detidos na Comarca de Moçamedes estarão transferidos na cadeia de Bentiaba, na mesma província, adiantou o governante.

Para se evadir da Comarca do Moçamedes, Eusidio Correia socorreu-se de um mosquiteiro e um alicate.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Designed by nzaylakasesa,lda.