Contágio comunitário exige reforço da prevenção

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

A transmissão comunitária da Covid-19 em Angola, confirmada pelas autoridades sanitárias nesta quarta-feira, em Luanda, exige o reforço das medidas preventivas por parte dos cidadãos, com vista a reduzir o número de infectados no país, alertou a ministra da Saúde, Sílvia Lutucuta.

Ao actualizar o quadro epidemiológico das últimas 24 horas no país, a ministra apelou a população a cumprir rigorosamente com as medidas de protecção individual e colectiva orientadas pelas autoridades sanitárias, por ser a única forma de salvar vidas humanas.

Durante a sessão, Sílvia Lutucuta reiterou que a circulação comunitária do vírus abrange apenas a província de Luanda, onde se regista mais de 100 casos positivos sem vínculo epidemiológico, enquanto o Cuanza Norte ainda conta com a transmissão local.

A governante alertou ainda as pessoas com sistema imunitário resistente ao vírus a continuarem a observar, com rigor, o uso da máscara facial, o distanciamento físico e a higienização das mãos, entre outras medidas de prevenção, por poderem ser novamente infectados.

“O período de imunidade ao vírus é curto, que pode variar de dois a seis meses. Por isso, é necessário que todos nós cumpramos com a prevenção”, acrescentou a titular da Saúde, na presença do ministro de Estado e Chefe da Casa de Segurança do Presidente da República, Pedro Sebastião.

Na ocasião, o ministro de Estado reafirmou que os centros de quarentena do Calumbo I e II, assim como o Hospital de Campanha da Zona Especial Económica (ZEE), em Luanda, reúnem as mínimas condições sanitárias recomendadas pela Organização Mundial da Saúde (OMS).

Quanto ao processo de repatriamento, Pedro Sebastião reiterou que o regresso a Angola de pelo menos sete mil cidadãos retidos em Portugal e em outros distintos países, por força da Covid-19, está dependente da disponibilidade de vagas nos centros de quarentena.

Com o diagnóstico de 35 novos casos positivos, seis recuperados e um óbito, nas últimas 24 horas, o país conta com um total de 576 infectados (475 de transmissão local), 27 mortes, 124 recuperados e 425 activos.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Designed by nzaylakasesa,lda.