Txinguvo sob cerca sanitária

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

O projecto mineiro do Txinguvo, no município de Chitato, Lunda Norte, está desde a manhã desta quarta-feira sob cerca sanitária e policial.

A cerca sanitária foi imposta devido ao registo de um caso suspeito da Covid-19 registado na terça-feira, envolvendo um funcionário da empresa diamantífera.

De acordo com delegado do Interior, membro da Comissão Multissectorial de Resposta à Pandemia, Alfredo Quintino “Nilo”, a medida foi tomada após o resultado dos testes rápidos realizados no município de Chitato, acrescentando que a cerca se manterá até a determinação dos resultados dos testes em laboratório.

Com esta medida, 200 trabalhadores estão confinados no referido projecto e serão testados nos próximos dias. Conforme o responsável, a medida, que visa evitar uma possível propagação do novo coronavírus, não abrange as comunidades circunvizinhas do projecto.

Relativamente aos outros dois casos suspeitos registados, o oficial informou que os cidadãos em causa vivem sozinhos num dos bairros periféricos da cidade do Dundo, e já se encontram isolados no centro de quarentena institucional.

Explicou que as autoridades fizeram um levantamento no bairro onde vivem e obtiveram informações de que os dois cidadãos não mantiveram contactos com a vizinhança desde que chegaram de Luanda, furando a cerca sanitária, porque se encontravam em quarentena domiciliar.

No total, foram realizados 83 testes rápidos, com três suspeitos, cujas amostras dos cidadãos já foram colhidas para os testes moleculares.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Designed by nzaylakasesa,lda.