Hospital de Campanha sem água e energia

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

O Hospital de Campanha na Lunda Norte, com 200 camas para internar pacientes com a Covid-19, aguarda apenas pela instalação de um sistema de água e de energia eléctrica para o seu funcionamento.

Segundo o coordenador-adjunto da Comissão Multissectorial de Resposta à Covid-19 na Lunda Norte, aguarda-se pela chegada de um grupo gerador, nos próximos dias, para alimentar o Hospital (já está equipado).

Gimi Nhunga informou que relativamente à água, está em carteira a construção de um furo de água, para esse hospital erguido numa área de cerca de três mil metros quadrados, no antigo aeroporto do Dundo-

O mesmo, descreveu, está com 12 naves, oito das quais para tratar pacientes com patologias leves, assintomáticos e para cuidados intensivos. Quatro servirão para questões logísticas e administrativas.

A unidade sanitária, que contempla também laboratório e área de Raio X, se enquadra na estratégia de instalação de hospitais de referência para fazer face a qualquer epidemia ou pandemia no país.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Designed by nzaylakasesa,lda.