PN endurece medidas contra infractores

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

A Polícia Nacional (PN) anunciou, nesta segunda-feira, que vai endurecer algumas medidas no sentido de “apertar” a fiscalização e responsabilizar os cidadãos que insistem em desrespeitar as medidas de prevenção impostas para evitar a propagação da Covid-19.

Essa posição foi defendida pelo comandante provincial da Polícia Nacional, comissário Aristófanes dos Santos, quando falava à Angop sobre as acções em curso neste sector para prevenção da doença.

Segundo o oficial comissário, o endurecimento de determinadas acções justifica-se pelo aumento de casos de coronavírus no país e, além de desincentivar a violação das medidas preventivas, visa também responsabilizar os infractores.

“Vamos proceder a detenção tanto daqueles (automobilistas) que trouxerem cidadãos não autorizados a viajar pela comissão nacional de combate à pandemia ou por outras autoridades especificadas na lei, assim como dos próprios viajantes infractores”, enfatizou.  

Nestes casos, acrescentou, os elementos serão detidos e rapidamente vão encaminhar os processos sumários aos tribunais, onde, naturalmente, haverá condenações.

Recentemente, 18 cidadãos foram julgados pelo Tribunal de Comarca do Lobito por violação da cerca sanitária de Luanda, sendo que os prevaricadores arriscam-se ainda ao pagamento de multas.

O país conta com 506 infectados pela covid-19, 118 recuperados, 362 activos e 26 óbitos, registados nas províncias de Luanda (maioria) e do Cuanza Norte.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Designed by nzaylakasesa,lda.