Itália soma mais nove mortes e 234 novos casos

Itália soma mais nove mortes e 234 novos casos

Itália confirmou nove mortes por covid-19 nas últimas 24 horas, um dos registos diários mais baixos desde o início da pandemia, mas superior ao de sábado (sete), elevando o total para 34.954 óbitos, adiantou hoje o Ministério da Saúde.

As autoridades sanitárias italianas declararam também a existência de 234 novos casos de contágio pelo vírus SARS-CoV-2, acima dos 188 reportados na véspera, mas em linha com os números desta semana.

A atualização dos dados – que contou com pouco mais de 38.000 testes realizados em relação ao dia anterior – fez o país superar a marca das 243 mil infeções, existindo agora um total acumulado de 243.061 pessoas infetadas com o novo coronavírus desde que o primeiro caso foi detetado em 21 de fevereiro.

Existem atualmente 13.179 pessoas em Itália que estão doentes, embora a grande maioria permaneça isolada nas suas casas com sintomas ligeiros ou mesmo assintomáticas.

Do número total de pessoas doentes, menos de mil estão hospitalizadas e apenas 68 necessitam de apoio em unidades de cuidados intensivos.

Paralelamente, Itália está a acompanhar de perto os pequenos surtos que surgiram e mostra-se alerta para os casos importados.

Na região do Lazio, no centro do país e cuja capital é Roma, a comunidade bengali está a ser seguida com atenção, após numerosos casos confirmados de importação em pessoas que chegaram do Bangladesh por avião, o que levou à suspensão das viagens para este país. Hoje, foram confirmados 20 novos casos, dos quais 16 são oriundos do Bangladesh.

Para tentar conter esta situação, Itália suspendeu os voos com 13 países considerados “em risco”: Chile, Peru, Brasil, Panamá, República Dominicana, Arménia, Bahrain, Bangladesh, Bósnia-Herzegovina, Kuwait, Macedónia do Norte, Moldávia e Omã.

Além disso, algumas regiões do sul, habituadas à chegada de imigrantes aos seus portos, solicitaram ao Governo italiano que tomasse medidas para impedir a importação de casos.

Na Calábria, por exemplo, desembarcaram no sábado 70 imigrantes, dos quais 27 estão infetados com o vírus SARS-CoV-2.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 565 mil mortos e infetou mais de 12,74 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Close Menu