Polícia detém envolvidos em roubo de gado em Ambaca

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Três cidadãos acusados de estarem envolvidos em roubo de gado bovino, no município de Ambaca, província do Cuanza Norte, foram detidos pela Polícia Nacional (PN), na quinta-feira.

De  acordo com o porta-voz da delegação municipal da PN, Adilson José Adão, os cidadãos em causa estão indiciados na prática de furto em diversas fazendas de Ambaca.

O oficial da corporação avançou que estão a desenvolver acções de prevenção e combate ao roubo de gado nas comunidades rurais da região.

O município de Ambaca conta com um efectivo bovino estimado em nove mil animais distribuídos em 50 fazendas.

Ambaca faz parte do Planalto de Camabatela, região que conta com uma área de um milhão e 410 mil hectares, que compreende os municípios de Ambaca e Samba Caju (Cuanza-Norte), Cacuso, Calandula e Cahombo (Malanje), Negage, Puri, Bungo, Alto Cawale, Cangola e Damba ( província do Uíge.

A região conta com 280 fazendas, repartidas entre as províncias de Cuanza Norte, Malanje e Uíge, 50 das quais localizadas no município de Ambaca, que tem como sede a vila de Camabatela.

Actualmente, estima-se que haja no Planalto de Camabatela mais de 20 mil cabeças de gado bovino, com predominância para as raças nelor, brama, cimental e a gentia ou autóctone.

No âmbito do programa de repovoamento animal do Planalto de Camabatela e no quadro dos acordos assinados com o Tchad, Angola começou a receber em Março último as primeiras cinco mil cabeças de um total de 75 mil a serem entregues nos próximos oito anos.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Designed by nzaylakasesa,lda.