Covid-19: “Novo Hotel” na Huíla sob cerca sanitária

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

O Novo Hotel do Lubango está, desde às 00h00 desta quinta-feira (dia 9 de Julho) sob cerca sanitária e policial, por suspeita ter hospedadas, neste momento, pelo menos 12 pessoas que violaram as fronteiras proibidas de Luanda.

Segundo uma fonte o Departamento de Saúde Pública e Controlo de Endemias, a medida foi tomada após denúncia, pelo que as autoridades cercaram o hotel e hoje, pela manhã, começaram a ser colhidas amostras biológicas dos hóspedes para testes da covid-19.

A mesma fonte frisou que a cerca se manterá até a determinação dos resultados dos testes em laboratório. Em consequência dessa cerca, o Governo Provincial está reunido com o Gabinete da Saúde e Polícia Nacional desde às 7h00, com uma agenda em segredo.

Contactada pela Angop, a funcionária do referido hotel, localizado no centro da cidade do Lubango, Egilda Dias, disse que ficaram surpreendidas com a cerca à unidade hoteleira, ficando impedidas de acedê-lo, enquanto outros colegas que fizeram noite não podem sair.

Explicou que “o hotel está com uma taxa de ocupação razoável, tendo curiosamente a maior parte dos ocupantes vindo de Luanda, província em cerca sanitária, por ser o epicentro da pandemia, com pelo menos três centenas de infectaos.

A Huíla conta desde segunda-feira, no Hospital Central do Lubango, com um laboratório do tipo PCR-RT doado por Portugal, que prevê iniciar os testes da Covid-19 dentro de 11 dias.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Designed by nzaylakasesa,lda.