Ministério da Saúde prevê fazer mil testes rápidos em Luanda

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

O Ministério da Saúde (MINSA) e o Governo Provincial de Luanda (GPL) iniciaram, nesta quarta-feira, uma campanha de testagem massiva no mercado Catinton, no distrito urbano da Maianga, município de Luanda, no quadro das acções de combate e prevenção à Covid-19.

Prevê-se a testagem rápida e voluntária de mil pessoas, no primeiro dia do programa conjunto do governo local  destinado, numa primeira fase, a locais de grande concentração populacional, onde há maior probabilidade de contaminação.

Para além da recolha de amostras, a equipa de técnicos está também a sensibilizar a população para cumprir as normas de prevenção da doença, com realce para a lavagem frequente das mãos com água e sabão, desinfecção com álcool gel e uso obrigatório de máscara.

Conforme a ministra da Saúde, Sílvia Lutucuta, estas testagens fazem parte de um programa do GPL e do MINSA nos lugares de grande concentrac?a?o onde pode haver mais facilidade para transmissa?o da doenc?a.

A governante avanc?ou que se trata de um teste sorolo?gico rapido aprovado pelo FDA, especificamente o teste de Abbott e também já tem validação da Organização Mundial da Saúde (OMS).

“Quando e? feita a testagem na?o significa que a pessoa tem a doenc?a activa, mas sim que teve contacto com o coronavi?rus e tem imunidade, como tambe?m pode testar positivo e nestes casos fazem a colecta com a zaragatoa para se fazer o teste molecular e sa?o tomadas todas as medidas de sau?de pu?blica”, referiu a ministra.

Nesta fase, a jornada vai abranger ainda os mercados do 30, em Viana, do Kikolo e Asa Branca, ambos no município do Cazenga, e o bairro Mártires de Kifangondo (distrito urbano da Maianga – Luanda).

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Designed by nzaylakasesa,lda.