CEEAC avalia quotização dos estados membros

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Os membros do Conselho de Ministros da Comunidade Económica dos Estados da África Central (CEEAC) analisaram hoje, terça-feira, em vídeo conferência, na sua décima sessão extraordinária, a quotização dos estados membros, bem como a pré-selecção das candidaturas aos postos das várias comissões do órgão.

Os trabalhos decorreram a partir da cidade de Libreville, Gabão, e contou com a presença do ministro angolano das Relações Exterior, Téte António.

Em declarações à imprensa, o ministro Téte António assegurou que Angola tem pago regularmente as suas quotas, razão pela qual o embaixador Gilberto Veríssimo, eleito, por consenso, durante a IX Sessão Extraordinária do Conselho de Ministros, deve assumir a presidência da comissão do órgão.

“Para os cargos de vice-presidentes das comissões, bem como dos comissários existem três estados candidatos que já efectuaram a contribuição a 40 por cento. No próximo encontro, marcado para o dia 14 de Julho, o Estado que não preencher os requisitos exigidos vai ver a sua candidatura retirada”, salientou.

Fez saber que a selecção dos membros das comissões acontece no âmbito da reforma da CEEAC, decidida pelos Chefes de Estado e de Governo, que conduziu igualmente à revisão do tratado da organização.

A CEEAC foi criada em Libreville, Gabão, em Outubro de 1983, e fazem parte Angola, Burundi, Camarões, Gabão, Guiné Equatorial, República Centro Africana (RCA), República Democrática do Congo (RDC), República do Congo, Rwanda, São Tomé e Príncipe e o Tchad.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Designed by nzaylakasesa,lda.