Banco Africano prevê até 50 milhões africanos em pobreza extrema com pandemia

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

O Banco Africano de Desenvolvimento (BAD) disse hoje que a pandemia de covid-19 pode atirar quase 50 milhões de africanos para a pobreza extrema e destruir até 30 milhões de empregos, principalmente na África central e ocidental.

“A pandemia de covid-19 pode atirar entre 25 até 50 milhões de pessoas para uma situação de pobreza extrema, a maioria delas na África ocidental e central”, disse Hanan Morsy, na apresentação da atualização das previsões económicas para o continente africano.

No Suplemento às Perspetivas Económicas Africanas, hoje apresentado em formato virtual em Abidjan, a diretora do departamento económico desta instituição multilateral apontou ainda que as estimativas apontam para a perda de 25 a 30 milhões de empregos, principalmente na economia informal, que representa a maioria da atividade económica no continente.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Designed by nzaylakasesa,lda.