Macron quer traçar novo caminho com Governo de missão e união

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

O presidente francês, Emmanuel Macron, quer “desenhar um novo caminho” com o novo Governo de “missão e união”, que, segundo a imprensa francesa, deve ser anunciado na segunda-feira, adiantou hoje a agência EFE.

“O projeto que apresentei em 2017 e com o qual os franceses me elegeram segue no coração da minha política. No entanto, deve adaptar-se às mudanças internacionais e às crises que vivemos: um novo caminho deve ser desenhado”, escreveu o chefe de Estado francês na sua conta na rede social Twitter.

Macron apontou a reconstrução económica, social, ambiental e cultural do país como o centro do caminho que quer traçar.

“Relançamento da economia, continuar a refundação da nossa proteção social e do ambiente, restabelecer uma ordem republicana justa, defesa da soberania europeia: eis as nossas prioridades para os próximos meses”, escreveu Emmanuel Macron.

O chefe de Estado gaulês afirmou que a reconstrução posta em marcha “por um Governo de missão e união” e que “cada etapa da reconstrução” do país terão presente “não deixar ninguém para trás”.

O ex-primeiro-ministro francês, Édouard Philippe, apresentou na manhã de sexta-feira a demissão do seu Governo acelerando o calendário da remodelação do executivo francês, que já estava em curso informalmente.

Foi substituído horas depois por Jean Castex, responsável por organizar o fim do confinamento em França, sendo muitas vezes referido como “Senhor Desconfinamento”.

Jean Castex tem 55 anos e era até agora autarca da cidade de Prades, no sul de França, junto à fronteira espanhola. O novo primeiro-ministro pertencia até agora ao partido de direita Les Republicains.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Designed by nzaylakasesa,lda.