Obras do novo Hospital Provincial do Bié a 95% de execução

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

As obras do novo Hospital Provincial do Bié, com capacidade para 250 camas, estão a 95 porcento de execução e a sua entrega ao governo deverá ocorrer dentro de dois meses, reafirmou, hoje a ministra da Saúde, Sílvia Lutucuta.

Em declarações à imprensa, no termo da visita de constatação à infra-estrutura, a governante afirmou que as obras registaram um grande avanço e que já se pode dizer, com alguma segurança, que estão a 95 porcento, pelo que a sua entrega vai ocorrer dentro de um a dois meses.

Actualmente, referiu, está-se a fazer os acabamentos, montagem dos equipamentos, testagem e  posterior limpeza fina de toda unidade sanitária, que vai assistir pacientes com necessidades de hemodiálise (com 14 cadeiras).

Terá serviços complementares para exames em várias especialidades, incluindo os de neurologia, cardiologia, cirurgia, medicina, pediatria, psiquiatria, ginecologia, ortopedia,  além dos blocos operatórios.

A unidade dispõe também de uma morgue com os serviços de conservação cadáveres,autopsias e contará ainda com laboratório de anatomia e fisiológica, necessários à unidade hospitalar e à província do Bié, em geral.

A cargo da empresa Mabiker Lda há mais de dois anos, as obras estão orçadas em 48 milhões de dólares norte-americanos, suportados pelo Orçamento Geral do Estado (OGE).

Construída a cinco quilómetros a Sul da cidade do Cuito, no Bairro Caluapanda, numa área de 50 mil metros quadrados,  a unidade sanitária tem 24 blocos diversos, para além de seis residências para acomodação de médicos. A obra garante mais de 300 postos de trabalho.

O seu funcionamento vai ser assegurado por especialistas locais e de outras províncias que poderão ser transferidos para o Bié a propósito, além de que terá um formato de “Hospital Escola”, no qual os especialistas séniores vão se ocupar disso, garantiu a ministra Sílvia Lutucuta.

Esta é a terceira deslocação da titular da pasta da Saúde a estas instalações, depois das duas primeiras ocorrerem em 2019.

Além do governador Pereira Alfredo, acompanharam a visita da ministra da Saúde, quadros séniores do seu pelouro e membros do governo da província.  

As obras já foram já visitadas em Outubro de 2019 pelo Presidente da República, João Lourenço, acompanhado da primeira-dama, Ana Dias Lourenço, e de ministros de diversos sectores, entre os quais Sílvia Lutucuta, de quem recebeu na altura informações sobre o andamento dos trabalhos.

Depois do novo hospital começar a funcionamento, o actual, em estado degradante, entrará em obras de requalificação para ser transformado num Centro Materno Infantil de referência.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Designed by nzaylakasesa,lda.