Itália regista 15 óbitos e 223 novos casos de contágio nas últimas 24 horas

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Itália registou 15 óbitos associados à doença covid-19 nas últimas 24 horas, o número mais baixo desde 29 de junho, e 223 novos casos de contágio pelo novo coronavírus no mesmo período, informou hoje a Proteção Civil italiana.

Em termos totais, e desde o início da crise da doença covid-19 no país em 21 de fevereiro, Itália está a aproximar-se da barreira das 35 mil vítimas mortais (34.833 óbitos).

Com a identificação destes 223 novos contágios em relação ao dia anterior, o país totaliza, até à data, 241.184 pessoas que estão ou estiveram infetadas com o novo coronavírus desde fevereiro.

Os casos de infeção ativos neste momento no país são 14.884.

Em relação aos valores de quinta-feira, 384 doentes foram declarados como curados e recuperados.

Desde o início da crise sanitária, o número de pessoas recuperadas em Itália é de 191.467.

Entre os novos casos de infeção, só a região da Lombardia (norte de Itália), que continua a ser a zona mais afetada do país, diagnosticou 115 novas pessoas infetadas.

O ministro da Saúde italiano, Roberto Speranza, reconheceu hoje que a luta contra a pandemia do novo coronavírus ainda não terminou, salientando, no entanto, que a curva de transmissão do vírus no país tem estado bastante controlada nos últimos meses.

“Foram meses muito difíceis. Acho que posso dizer que as instituições e o sistema do país superaram um teste difícil”, afirmou o ministro italiano, advertindo, mas também encorajando, a população a não baixar a guarda.

Hoje, as autoridades de Veneto (no norte de Itália e cuja capital regional é Veneza) comunicaram que o indicador que define o grau de transmissibilidade de infeção (RT) do novo coronavírus naquela região é atualmente superior a 1.

O presidente da região, Luca Zaia, precisou que o RT em Veneto está agora no 1,63.

Um dos países europeus mais afetados pela atual pandemia, a Itália iniciou, em maio, um plano faseado de desconfinamento da população e uma retoma gradual da atividade económica, após mais de dois meses de confinamento.

Desde que o novo coronavírus foi detetado na China, em dezembro do ano passado, a pandemia da doença covid-19 já provocou mais de 521 mil mortos e infetou mais de 10,88 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo o balanço mais recente feito pela agência France-Presse (AFP).

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Designed by nzaylakasesa,lda.