Combate contra doença conta com 700 ventiladores

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

A ministra da Saúde, Sílvia Lutucuta, informou na quinta-feira, em Luanda, que o país já possui 700 ventiladores para serem usados na luta contra a covid-19, adquiridos recentemente à China, num investimento do Governo angolano.

Em entrevista à TPA, a governante informou que os 700 ventiladores, 255 dos quais não invasivos, fazem parte de 544 toneladas de equipamentos médicos diversos para combater a covid-19 que já vitimou 17 pessoas em Angola.

Entre os equipamentos, noventa por cento adquiridos no exterior do país, constam igualmente 12 milhões de máscaras, igual quantidade de pares de luvas, além de 170 mil kits de biossegurança (fatos, luvas, máscaras, óculos, botas).

Informou que na mesma senda foram adquiridos cinco mil camas articuladas para cuidados intensivos, bombas infusoras, monitores, além de medicamentos (cloroquina, azitromicina e interferon).

Nesse momento decorre o processo de distribuição do equipamento pelas outras províncias, sendo que a distribuição dos ventiladores pode registar algum atraso devido a necessidade de se ter que formar o pessoal local para manuseio do equipamento.

Recordou que no quadro do plano de contingência traçado pelo governo, no capítulo sanitário, o Ministério da Saúde formou 15 mil técnicos em vigilância epidemiológica, em todo país, e mil profissionais em cuidados intensivos para técnicos não intensivistas.

Apesar de assegurar a existência de Stock, admitiu que um dos principais desafios no combate à pandemia é a manutenção de reagentes laboratoriais, em face a procura internacional, juntando a isso aquisição de uma plataforma de alta testagem diária para contrapor a actual média de 400 amostras.

Porém, Sílvia Lutucuta disse que depois das dificuldades encontradas nos contactos feitos nos mercados dos Estados Unidos da América, está confiante que a China possa vir a dar uma resposta favorável nos próximos dias.

Anunciou que dentro de dias vai se realizar testes serológicos nos bairros em que se registou casos positivos da covid-19 para se determinar o grau anticorpos nos grupos alvos e dar resposta cabal mediante testes laboratoriais da covid-19.

O país  regista um total de 315 infectados, dos quais 97 recuperados, 201 activos e 17 óbitos.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Designed by nzaylakasesa,lda.