Angola lembra audiência papal que marcou “nova etapa” da independência

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Angola recordou hoje a audiência do Papa Paulo VI aos líderes independentistas africanos, há 50 anos, considerando que o encontro “marcou uma nova etapa” no processo de independência e contribuiu para o fim da colonização.

Em comunicado, divulgado hoje pela embaixada de Angola junto da Santa Sé, a diplomacia angolana classificou como “um sinal de esperança” o “histórico encontro” do Papa Paulo VI com os líderes dos movimentos de libertação Agostinho Neto (Angola), Amílcar Cabral (Guiné-Bissau e Cabo Verde) e Marcelino dos Santos (Moçambique). 

“Esse encontro, ocorrido há 50 anos, não marcou apenas uma nova etapa no processo que culminou com a independência dos países e contribuiu para o fim da colonização, mas evidenciou ao mundo a inclinação pontifícia para a esperança e a paz”, afirmou a nota.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Designed by nzaylakasesa,lda.