Filho mata mãe e oculta cadáver

Filho mata mãe e oculta cadáver

Um cidadão, cuja identidade não foi revelada, é acusado de ter morto a mãe e de enterrá-la, há mais de dois meses, no quinta da sua residência no bairro Maxinde, cidade de Malanje.

A ANGOP apurou hoje, de fontes próximas da vítima, que a cidadã de 67 anos de idade, era dada como desaparecida.

De acordo com o porta-voz do SIC (Serviço de Investigação Criminal) em Malanje, Lindo Ngola, o jovem confessou o crime e indicou o local onde enterrou a mãe, tendo a Polícia concluído a causa do facto criminoso tenha sido a apropriação do apartamento da mãe.

O responsável disse que as investigações permitiram saber que o filho quis apoderar-se do apartamento da mãe e beneficiar-se das rendas para futuramente vender o imóvel.

Explicou que o individuo chegou a atirar a mãe do prédio para o rés-do-chão e consumada a morte, a enterrou.

Lindo Ngola salientou que o crime começou a ser investigado desde o momento que o jovem foi cobrar rendas ao inquilino da casa sem justificação prévia do paradeiro da senhoria (a mãe).

O caso é o primeiro do género registado esse ano.

Fonte: Angop

Close Menu