Detidos 16 cidadãos por violação da cerca sanitária de Luanda

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

A Polícia Nacional na Huíla deteve, na semana finda, 16 cidadãos nacionais, sobre os quais pesa a acusação de violarem a cerca sanitária de Luanda.

Os cidadãos em causa foram detidos mediante denúncias e acções da PN, nos municípios de Caconda, com oito, Lubango, com 4, Chibia e Quilengues, com 2  cidadãos cada.

Segundo o director do gabinete de comunicação institucional e imprensa, Manuel Domingos Halaiwa, que falava esta segunda-feira à Angop, após a detenção os cidadãos foram imediatamente encaminhados ao Tribunal, sendo que dois foram julgados sumariamente em Caconda, na sexta-feira, e outros mandados a cumprir quarentena domiciliar, para posteriormente serem julgados.

Manuel Halaiwa sublinhou que o comando provincial reforçou as medidas de segurança, numa acção mista com o Comando Provincial de Benguela, na zona do Cutembo.

Desde a declaração da Situação de Calamidade Pública foram detidos, na Huíla, 26 pessoas, por violar a cerca sanitária de Luanda.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Designed by nzaylakasesa,lda.