Casos comunitários são critério da OMS

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

O Presidente da República, João Lourenço, afirmou neste sábado, em Luanda, que o anúncio de casos de contaminação comunitária da covid-19 obedece a critérios definidos pela Organização Mundial da Saúde (OMS).

O Governo tem sido questionado, por diversas individualidades do país, sobretudo pela mídia, sobre a existência de casos de contaminação comunitária da covid-19, em Angola, em função dos altos números de contaminação local e, sobretudo, dos casos com vínculo desconhecido.

Em declarações à imprensa, no final da visita ao novo Banco de Urgência do Hospital Pediátrico de Luanda aberto hoje ao público, o Presidente João Lourenço aclarou que, se as autoridades sanitárias não anunciaram a existência de contaminação comunitária, significa que “a situação de Angola, ainda, não se enquadra nos critérios que a OMS definiu”.

“Portanto, se isso vier a acontecer (…), com certeza que, as autoridades competentes terão de anunciar que o país já entrou em contaminação comunitária”, observou .

Questionado sobre a possibilidade de haver um recuo nas acções de confinamento em curso, tendo em conta a subida do número de casos da pandemia, notou que, “em outros países isso está a acontecer e se nós nos descuidarmos, também, pode acontecer em Angola”.

Segundo o Titular do Poder Executivo, Angola não é especial. “Angola pode ser diferente, dependendo, sempre, do nosso comportamento e das nossas atitudes”.

Considerou que, se os cidadãos continuarem a utilizar a máscara, a lavar as mãos com frequência e a manter o distanciamento entre pessoas, pode ser feito o desconfinamento sem que haja “grande risco” de aumento de casos positivos.

“Portanto, tudo depende de nós”, concluiu o Chefe de Estado Angolano.

A província de Luanda encontra-se numa situação epidemiológica “preocupante”, segundo as autoridades, depois de, na noite de sexta-feira, terem sido anunciados 32 casos positivos da covid-19, dos quais 28 da capital, número mais alto até aqui registado.

Angola regista neste momento 244 casos positivos da covid-19, 26 dos quais apontados pelas autoridades sanitárias como sendo de vínculo epidemiológico em estudo.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Designed by nzaylakasesa,lda.