País regista redução de acidentes nas estradas

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

O número de acidentes de viação no país reduziu, nos cinco primeiros meses deste ano, para 3,7 mil, menos 280 em relação a 2019 em que foram registados quatro mil e 14.

 A informação foi dada hoje pelo responsável da Direcção de Trânsito e Segurança Rodoviária (DTSE) do Ministério do Interior, Elias Dumbo Luvulo, durante o lançamento do aplicativo “Conheça o Trânsito”, que vai ajudar condutores, passageiros e peões a conhecer o Código de Estrada.

Do total de acidentes houve 776 mortos, menos 68 em comparação com 2019.

De acordo com o director da DTSE, os atropelamentos com mil e 337 casos, 366 mortos e mil e 191 feridos foram os que mais se destacaram, seguido das colisões entre automóveis e motociclos cifrados em 673 acidentes, 155 mortos e 735 feridos.

As colisões entre automóveis, uma das principais causas do aumento da sinistralidade rodoviária, cifraram-se em 533 acidentes, 81 mortos e 735 feridos.

Já o excesso de velocidade, condução sob efeito de bebidas alcoólicas, ultrapassagem irregulares, não cedência de passagem bem como incumprimento das regras de travessia de peões na via pública contribuíram em grande medida para os atropelamentos.

Os acidentes foram proporcionados por indivíduos com idades compreendidas entre os 25 a 45 anos de idade e ocorreram dentro das localidades.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Designed by nzaylakasesa,lda.