Governo reduz programas inseridos no PDN

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

O Governo angolano prevê reduzir, de 84 para 69, os programas inicialmente inseridos no Plano de Desenvolvimento Nacional (PDN), para os próximos dois anos.

Em declarações à imprensa, hoje (sexta-feira), o ministro da Economia e Planeamento, Sérgio dos Santos, abordou o “momento dificil” que vive a economia angolana, situação que forçou a “repriorização dos projectos” a nível nacional.

Explicou que a redução de programas é uma consequência da quebra de receitas que a economia nacional regista motivada, entre outros factores, pela queda do preço e da produção de petróleo, principal produto de exportação do país.

O governante, que falava no final da sessão do Conselho de Ministros, orientada pelo Chefe de Estado angolano, João Lourenço, avançou que a repriorização dos projectos estendeu-se ao Plano Integrado de Intervenção nos Municípios (PIIM).

Relativamente ao PIIM, disse que apenas dois mil 570 projectos, de um total de três mil 433, estão seleccionados para execução.

Considerou que, nesta fase, a prioridade recai para os municípios, suas populações e a criação de emprego.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Designed by nzaylakasesa,lda.