Consultores de Vera Daves são todos angolanos – Ministério

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

O Ministério das Finanças desmentiu, esta sexta-feira, informações que dão conta da contratação de ex-ministros portugueses, para prestar serviços de assessoria à titular da pasta.

Em nota enviada à ANGOP, o departamento ministerial esclarece que os actuais consultores da ministra Vera Daves, nomeadamente os economistas Paulo Ringote e Patrício Pinto, e os juristas Gilberto Luther e Cláudia Pinto, são todos de nacionalidade angolana.

Considera, por isso, as notícias veiculadas nas redes sociais como “falsas e caluniosas”.

Conforme o comunicado, essas notícias visam desacreditar o esforço de consolidação orçamental, descredibilizar as instituições e pôr em causa o trabalho em curso para a melhoria da qualidade da despesa pública em Angola.

“Os consultores da ministra das Finanças, nomeados em despachos, são entidades de nacionalidade angolana”, lê-se na nota.

Acrescenta que as entidades visadas na notícia não têm relação directa com o Ministério das Finanças, destacando-se o facto de Victor Gaspar ser, actualmente, o director dos Assuntos Fiscais do Fundo Monetário  Internacional.

O ministério nega, igualmente, a existência de algum plano para a criação de uma nova pasta de secretário de Estado.

“Numa altura em que há uma redução do aparelho do Estado, não faz qualquer sentido a criação de uma nova pasta para secretário de Estado neste ministério”, conclui.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Designed by nzaylakasesa,lda.