Ministro Manuel Homem reitera modernização

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

O ministro das Telecomunicações, Tecnologias de Informação e Comunicação Social, Manuel Homem, afirmou, esta quarta-feira, que o seu pelouro vai continuar a privilegiar a formação de quadros e a modernização das empresas do sector.

Conforme o governante, que falava à imprensa, no final do empossamento dos novos conselhos de administração de quatro empresas do sector, nomeados segunda-feira,  esforços têm sido feitos para manter o serviço funcional com os quadros existentes.

No seu entender, a modernização deve ser imediata, para dar a dinâmica pretendida às empresas de comunicação social e de tecnologias de informação.

“A responsabilidade que o sector desempenha é transversal às necessidades do país. A responsabilidade dos órgãos de comunicação social é assegurar que as populações continuem a receber a informação com a pluralidade que se impõe”, exprimiu.

Segundo Manuel Homem, à Radio Nacional de Angola (RNA) foi confiada a missão de assegurar a modernização que muito se precisa, mesmo com as dificuldades financeiras.

“Deixamos a nossa recomendação aos membros deste conselho, para que priorizem os recursos humanos e trabalhem com todos, porque só juntos conseguiremos materializar os objectivos que pretendemos”, declarou.

Quanto à Televisão Pública de Angola (TPA), disse que orientou à nova direcção a modernizar o órgão, para acompanhar a dinâmica do sector televisivo no Mundo.

“Temos as pessoas certas para materializar este objectivo e o ministério tem a missão de apoiar financeira ou tecnicamente qualquer um dos projectos”, referiu.

Em relação ao Conselho de Administração da Angola Telecom, o ministro explicou que foi constituído para dar maior dinamismo e diversidade aos serviços.

“Precisamos resgatar a mística da empresa de telecomunicações. Os desafios são enormes, mas a confiança faz-nos ter certeza de que teremos resultados”, reforçou.

Para dirigir a RNA, foram empossados Pedro Afonso Cabral (presidente), Estanislau Baptista Garcia (administrador Executivo para, a Área de Conteúdos) e Cristina da Costa Nobre (administradora Executiva para Administração e Finanças).

Foram ainda empossados Hamilton Fernandes Domingos (administrador Executivo para Área Técnica), António Sebastião Lino (administrador Executivo para a Área de Marketing e Intercâmbio), Alexandre da Silva Africano Neto (administrador Não Executivo) e Paulo Julião Muacavula (administrador Não Executivo).

Na TPA, foram empossados Neto de Almeida Júnior Gaspar (administrador Executivo para a Área de Conteúdos), Carlos Alberto Tomé da Silva Guimarães (administrador Executivo para a Área Técnica), Ana Edite Pinto Ferreira Ribeiro (administradora Executiva para a Área de Marketing e Intercâmbio) e Ana Maria de Lemos Rodrigues de Gouveia (administradora Não Executiva).

Para a Empresa Nacional dos Correios e Telégrafos de Angola tomaram posse Walter Alexandre Pereira Teixeira (presidente) e Denílson da Fonseca Costa (administrador Executivo para a Área das Tecnologias de Informação e Comunicação).

Foram igualmente empossados Manuel Pedro Quizembo (administrador Executivo para a Área de Marketing e Operações), Verónica Evelise de Carvalho Neto da Costa (administradora Executiva para a Área de Finanças) e Águeda Maria António Francisco Alexandre (administradora Executiva para a Área Administrativa e Serviços Gerais).

Para o novo Conselho de Administração da Empresa Angola Telecom tomaram posse Yuri Venâncio Bernardo da Silva (administrador Executivo para a Área Comercial e Marketing) e António Rodrigues Barbosa de Mascarenhas (administrador Executivo para a Área de Logística e Gestão de Infra-estruturas).

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Designed by nzaylakasesa,lda.