Autoridades continuam a investigar os 9 casos com vínculos epidemiológicos desconhecidos

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

O secretário de Estado para a Saúde Pública, Franco Mufinda, informou, ontem, na habitual conferência de imprensa para atualização dos dados sobre a covid-19 no país, que o governo continua o processo de investigação para determinar a origem dos 9 casos ainda com os vínculos epidemiológicos desconhecidos.

“Informamos que continuamos a realizar o estudo de vinculação epidemiológica dos 9 casos”, disse, salientando que há vários focos da doença no país e que é preciso fazer um estudo.

“Temos bastante clusters de casos, então há todo um interesse, uma necessidade de realizar o estudo destes clusters, por um lado e, por outro lado, desvendar os nove casos até agora em estudo”, disse.

Franco Mufinda chamou a atenção da sociedade para o cumprimento das medidas de biossegurança, distanciamento social e o uso da máscara, visto que nas últimas semanas houve um aumentar de casos, tendo sido registado só nas últimas duas semanas 91 casos, representando cerca de 91% dos casos até então registados e um aumento do número de casos na ordem dos 48% durante esse período.

De acordo com os dados apresentados ontem, Angola soma agora 189 casos de infeção, dos quais 124 (65,6%) são de transmissão local e 65 (44,4%) são importados. Os casos ativos são 102, recuperados 77 e os óbitos são 10.

A nível global, a nova pandemia de coronavírus já matou 473.475 pessoas e infetou mais de 9,1 milhões em todo o mundo desde dezembro, segundo um balanço da agência AFP.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Designed by nzaylakasesa,lda.