Espanha tem 108 novos casos e um óbito nas últimas 24 horas

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

O Ministério da Saúde espanhol comunicou hoje que há 108 novos casos de pessoas infetadas com a covid-19 e uma morte provocada pela doença nas últimas 24 horas.

Os serviços sanitários espanhóis atualizaram para 246.752 o total de pessoas infetados desde o início da pandemia, dos quais 108 novos casos confirmados hoje.

Por outro lado, já morreram 28.325 pessoas com a pandemia, mais uma do que o total de segunda-feira, havendo 14 óbitos notificados na última semana.

O relatório diário com a atualização da situação epidemiológico no país avança que já passaram pelos hospitais 124.925 pessoas com covid-19, tendo dado entrada na última semana 151.

O Governo espanhol pediu hoje prudência para evitar novos surtos de covid-19 e advertiu que, se for necessário, o executivo poderá voltar a decretar o estado de emergência para impedir a mobilidade dos cidadãos.

“Se chegar um momento em que tenhamos uma situação grave, o Governo pode perfeitamente decretar o estado de emergência numa parte do território, ou na sua totalidade”, avisou a primeira vice-presidente do Governo espanhol, Carmen Calvo, numa entrevista a um canal de televisão.

Segundo esta responsável, hoje havia no país mais de 30 surtos ativos da pandemia de covid-19 em Espanha, dos quais 12 eram considerados controlados, não sendo, em princípio, necessário tomar quaisquer medidas para além das sanitárias e, em alguns casos, tomar medidas de contenção equivalentes a regressar a uma fases anterior de confinamento.

Isto foi o que aconteceu na segunda-feira em três concelhos da província espanhola de Huesca (Aragão), e em mais um hoje, que retrocederam para a “fase dois” do desconfinamento, após ser detetado um surto de covid-19 no meio agrícola.

Carmen Calvo assegurou que a situação está dentro do “previsível” e insistiu na necessidade de reagir rapidamente a eventuais sintomas da doença, comunicando-os de imediato, para que possa haver uma resposta eficaz.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 472 mil mortos e infetou mais de 9,1 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Os Estados Unidos são o país com mais mortos (120.402) e mais casos de infeção confirmados (mais de 2,3 milhões).

Seguem-se o Brasil (51.271 mortes, mais de 1,1 milhões de casos), Reino Unido (42.927 mortos, mais de 306 mil casos), a Itália (34.657 mortos e mais de 238.700 casos), a França (29.663 mortos, mais de 197 mil casos) e a Espanha (28.324 mortos, mais de 246.500 casos).

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Designed by nzaylakasesa,lda.