Fitch prevê descer ratings e recessão de 2,1% na África subsaariana

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

A agência de notação financeira Fitch Ratings disse hoje que os riscos negativos de revisão dos ratings dos países da África subsaariana continuam, prevendo uma recessão de 2,1%, em média, a primeira em décadas.

“A pandemia do novo coronavírus e o choque do preço do petróleo desencadearam um impacto severo nos países soberanos da África subsaariana que analisamos, levando, desde março, a uma descida do ‘rating’ de sete dos 19 países a que atribuímos opinião sobre a qualidade do crédito”, diz a Fitch Ratings num relatório sobre a evolução destas economias nos últimos meses.

“Quatro países soberanos na região têm Perspetiva de Evolução Negativa, o que é particularmente alto, demonstrando os contínuos riscos de degradação dos ratings, enquanto quatro países soberanos têm a classificação de CCC [em Incumprimento Financeiro], e apenas um tem uma Perspetiva de Evolução Positiva, a Costa do Marfim”, acrescenta-se no documento, enviado aos investidores, e a que a Lusa teve acesso.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Designed by nzaylakasesa,lda.