Museus angolanos reabrem sob “rígidas medidas” de biossegurança — ministério

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Museus em Angola estão a ser reabertos sob “rígidas medidas” de biossegurança, como higienização das mãos à entrada e limitação da capacidade das salas a 50%, para conter a propagação da covid-19, disse hoje fonte oficial.

Segundo a museóloga Soraia Ferreira, técnica superior do Ministério da Cultura, Turismo e Ambiente angolano, os museus começaram a reabrir a partir de segunda-feira e o processo é condicionado pelas regras de segurança que passam por “hábitos novos”.

“Como a higienização das mãos à entrada, respeitar o distanciamento de segurança que vai variar tendo em conta a dimensão dos museus, porque penso que os museus maiores deverão alargar o número de visitantes, mas dentro das limitações de 50%”, disse à Lusa.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Designed by nzaylakasesa,lda.