Hospital de Campanha da ZEE recebe primeiros pacientes

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

O novo hospital de campanha para tratamento da covid-19, localizado na Zona Económica Especial (ZEE), no município de Viana, em Luanda, começou, nesta terça-feira, a receber os primeiros pacientes infectados com o novo coronavírus.

Trata-se dos quatro pacientes diagnosticados com à covid-19, nas últimas 24 horas, de um grupo de cidadãos angolanos provenientes recentemente da Rússia.

Segundo a ministra da Saúde, Sílvia Lutucuta, que fazia a actualização dos dados da evolução epidemiológica do país, os pacientes em causa estavam em quarentena institucional em Luanda.   

O novo hospital de campanha, visitado recentemente pelo Presidente da República, João Lourenço, tem uma capacidade para 600 camas, das quais 140 estão reservadas para cuidados intensivos.

Quando a segunda fase do projecto estiver concluída, dentro de um mês, o hospital terá capacidade para mil doentes.

Além dessa infra-estrutura, Viana conta com mais um centro de rastreio e tratamento da covid-19, situado no KM 27, também visitado pelo Presidente da República, nos últimos dias.

Esse centro tem uma capacidade de 60 camas inicialmente, numa iniciativa da Sonangol E.P, através da Clinica Girassol, no quadro da sua responsabilidade social empresarial.

Ainda hoje, Luanda ganhou mais uma unidade sanitária para pacientes de covid-19. Trata-se de um centro de tratamento médico da indústria petrolífera, localizado no Morro Bento, município de Talatona, tendo uma capacidade de hospitalização de 67 pacientes, dos quais 17 nos cuidados pré-intensivos.

A unidade hospitalar, uma iniciativa da Associação das Companhias Exploradoras de Petróleo em Angola (ACEPA), possui um sistema de regulação inovador de aplicação digital, equipamentos médicos de última geração e uma equipa médica de angolanos e expatriados.

Conta ainda com uma zona de descontaminação, recolha de resíduos hospitalares, bem como um laboratório.

Com o registo de mais quatro casos positivos, nas últimas 24 horas, Angola tem um total de 96 infectados, com quatro óbitos, 38 recuperados e 54 activos.

Do total de infectados, Angola tem 30 casos positivos importados e 62 casos de transmissão local.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Designed by nzaylakasesa,lda.