Pacientes assintomáticos demoram mais tempo para recuperar

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

As pessoas infectadas pela covid-19 e assintomáticas demoram, em média, mais de dois meses para recuperar da doença, comparativamente aos casos críticos ou graves, deu a conhecer segunda-feira, em Luanda, a ministra da Saúde, Sílvia Lutucuta.

Em conferência de imprensa, a titular da pasta afirmou que o comportamento dos casos assintomáticos também depende muito do sistema imunológico de cada paciente.
 

Segundo a ministra, existe doentes assintomáticos que recuperam em menos tempo e outros com mais de dois meses, dependendo sempre da resposta imunológica de cada cidadão.
 

“A maior parte das pessoas assintomáticas internadas nas nossas unidades sanitárias demoraram mais de dois meses para recuperar, uma realidade que também acontece com os outros países afectados”, esclareceu.
 

Explicou que os doentes tidos como recuperados ou curados ainda não recebem alta imediata, pois são submetidos a avaliação e nova testagem periódica  de  sete em  sete dias, dependendo também das outras doenças que cada cidadão tiver.
 

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Designed by nzaylakasesa,lda.