Angola deteta mais 4 casos importados da Rússia

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

A ministra da Saúde, Sílvia Lutucuta, informou que nas últimas 24 horas, foram registados mais 4 casos importados, provenientes da Rússia e que se encontravam em quarentena institucional

Falando na habitual conferência que serviu para atualizar os dados sobre a covid-19 no país, a ministra disse que os pacientes estão internados no Centro de Tratamento da Covid-19 localizado  no KM 27, em Viana.

Sendo assim, o quadro epidemiológico da covid-19 em Angola altera, passando agora a somar 96 casos positivos (34 importados e 62 de transmissão local), dos quais quatro óbitos, 38  recuperados e 54 ativos.

Em África, há 5.334 mortos confirmados e cerca de 196 mil infetados em 54 países, segundo as estatísticas mais recentes sobre a pandemia no continente.

Entre os países africanos que têm o português como língua oficial, a Guiné-Bissau lidera em número de infeções (1.389 casos e 12 mortos), seguida da Guiné Equatorial (1.306 casos e 12 mortos), Cabo Verde (567 casos e cinco mortes), São Tomé e Príncipe (513 casos e 12 mortos) e Angola (92 infetados e quatro mortos).

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 406 mil mortos e infetou mais de 7,1 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo o balanço feito pela agência francesa AFP.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Depois de a Europa ter sucedido à China como centro da pandemia em fevereiro, o continente americano passou a ser o que tem mais casos confirmados, embora com menos mortes.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Designed by nzaylakasesa,lda.