Marginal arrependido: “Prefiro ir à buala cavar mandioca para me sustentar”

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Um jovem de 26, recidivista, apreendido recentemente pelo Serviço de Investigação Criminal (SIC) em Cabinda, suspeito de violação de mulheres, roubo de viaturas, e bens diversos, confessou à câmara da TPA estar arrependido e prometeu que, de agora em diante, prefere ir à buala cavar mandioca para sustentar-se do que optar pela vida do crime.

“Eu prefiro ir na buala cavar mandioca para poder vender na praça e conseguir dinheiro para me sustentar”, disse o jovem.

Um outro integrante do grupo, um jovem adolescente de 17 anos, confessou que o seu trabalho, durante os assaltos, era de reportar todos os movimentos aos mais velhos.

Os dois são integrantes de dois grupos de marginais que operavam em Cabinda e arredores denominados “Os Temidos” e “Os Maus”, suspeitos de vários crimes.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Designed by nzaylakasesa,lda.