Princesa norueguesa revela ter recebido ameaças de morte por causa do namorado negro

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

A princesa Martha Louise, quarta na fila do trono na Noruega, reconheceu que o seu relacionamento com Shaman Durek foi “um curso intensivo sobre como a supremacia branca atua” no mundo.

O seu poste surgiu, momentos depois de Meghan Markle, a duquesa de Sussex, ter falado, após a morte de George Floyd, sobre a sua experiência como uma mulher mestiça (birracial) num discurso de cerimónia de fim de ano, no seu antigo colégio.

Admitindo seus próprios fracassos, a princesa Martha acrescentou que namorar com ele mostrou-me “o modo como consciente e inconscientemente pensei e agi em relação aos negros. Como tomei meus os direitos como naturais – nunca olhei corretamente para o que realmente é o racismo, porque me senti confortável neste sistema que vigora.

“Não tenho orgulho disso, mas sei que preciso aprender e entender esse sistema profundamente arraigado para poder fazer parte do seu desmantelamento”.

Ela disse que precisava “crescer e educar” a si mesma para “deixar de ser contra o racismo e tornar-se antirracista”.

https://www.instagram.com/p/CBB6UEigKbE/

Além de falar sobre seu próprio preconceito inconsciente, a princesa Martha, que não faz parte da família real da Noruega, revelou que as suas amigas pensavam que Durek “tinha mentido sobre tudo” e que era “má pessoa por ser gentil”.

Ela continuou: “Supõe-se que Durek não seja uma boa pessoa que realmente me ame, mas que me manipulou para amá-lo e continua a manipular-me no nosso relacionamento. E como ele vai explorar-e financeiramente.

A princesa Martha, de 48 anos, disse que ela e Durek receberam ameaças de morte devido o seu relacionamento.

Durek Verrett é um autor conhecido como conselheiro espiritual de Gywneth Paltrow.

Ele foi bastante criticado devido seu último trabalho e recentemente teve que se desculpar por generalizar os noruegueses quando criticou as editoras por não aceitarem publicar um dos seus livros.

O livro não foi publicado pela editora devido as suas alegações sobre o câncer, principalmente porque os pacientes é que o provocam.

Princesa Martha

Quando anunciaram o seu relacionamento no ano passado, Durek e Martha afirmaram ser “chamas gémeas” e acreditam que namoraram numa outra vida.

No início deste ano, Durek disse a Femail que ele e Martha planeavam morar juntos depois que o bloqueio terminasse, estando neste momento separados um do outro devido à pandemia.

Ele disse: “O casamento definitivamente não está fora da mesa. Os nossos planos são eventualmente morar juntos. Não na Noruega, mas nos EUA”.

“Não importa o que as pessoas digam sobre nós, é a nossa vida. Märtha e eu vamos viver da maneira que decidimos viver. ”

O Guardião
Princesa Martha e ex-marido (Ari Behn)

A princesa Martha era casada com um autor norueguês, Ari Behn, com quem teve três filhos. Eles divorciaram-se em 2017 e ele suicidou-se em dezembro de 2019.

Ela assume muito poucos papéis reais e é empresária em tempo integral, o seu título de “alteza real” foi removido em 2002. Mas também já foi criticada por usar o seu título como princesa no seu trabalho e marketing.

Como descendente do rei Eduardo VII, Martha está na linha do trono em 16 reinos da Commonwealth, e era a 30ª na linha do trono britânico quando ela nasceu.

Fonte: YahooNews

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Designed by nzaylakasesa,lda.