Guiné-Bissau parece estabilizar mas autoridades com reservas sobre o pico

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

O coordenador do Centro de Operações de Emergência de Saúde (COES) da Guiné-Bissau, Dionísio Cumba, admitiu à Lusa que ainda é difícil dizer se a pandemia provocada pelo novo coronavírus já atingiu o pico no país.

“Ainda não estou à vontade para dizer que atingimos o pico”, afirmou o médico guineense.

Segundo o coordenador do COES, parece haver uma descida do número de casos em Bissau, mas ao nível das regiões ainda não se sabe qual vai ser a evolução.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Designed by nzaylakasesa,lda.