MPLA analisa condições para realização do congresso ordinário da OMA

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

O Grupo de apoio do Secretariado do Bureau Político do MPLA à Organização da Mulher Angolana (OMA) avaliou, quinta-feira, os documentos reitores do processo orgânico do 7º Congresso Ordinário da estrutura feminina do partido no poder, a ter lugar no próximo ano.

Em nota, que Angop teve acesso hoje, refere que os participantes basearam a sua discussão na informação síntese apresentada pelo Secretariado Executivo Nacional da OMA, liderado pela sua secretária-geral, Luzia Inglês.

A informação define o período de realização do Congresso, o número de delegados participantes, as percentagens de renovação, continuidade e de integração de jovens mulheres na organização, bem como o programa de acção para o período 2021-2026.

Os dirigentes partidários passaram, ainda, em revista todo o processo preparatório dos documentos e as condições logísticas e materiais do congresso, face ao actual momento de recolhimento social e de cerca sanitária de Luanda, em decorrência da situação de calamidade vigente no país.

Chefiou o grupo de apoio do Secretariado do Bureau Político do MPLA à Organização da Mulher Angolana o secretário-geral do partido, Paulo Pombolo.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Designed by nzaylakasesa,lda.