BPC prevê despedir 1.600 trabalhadores

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

O Banco de Poupança e Crédito (BPC) vai despedir 1.600 dos 4.820 trabalhadores até 2022, no quadro do Plano de Recapitalização e Reestruturação.

O presidente de Conselho de Administração do BPC, António André Lopes, disse, nesta quinta-feira, em conferência de imprensa, que o plano prevê igualmente o encerramento de 60 agências bancárias, de modo a tornar a estrutura comercial mais sustentável de acordo com o seu papel.

Para o efeito, o banco tem preparado um valor de mais 18 mil milhões de kwanzas para indemnização dos funcionários, de acordo com a Lei Geral de Trabalho, acrescido de um prémio.

Preocupado com a integração destes trabalhadores na vida económica, o banco vai patrocinar duas formações técnico-profissionais, para além da cedência de um crédito para o desenvolvimento de um negócio no quadro da formação, para que o funcionário não fique desamparado.

Entre estes funcionários constam também os reformados e aqueles que serão incentivados a solicitar reforma antecipada.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Designed by nzaylakasesa,lda.