Vera Daves e Sílvia Lutucuta analisam em videoconferência estratégia regional contra a covid-19

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Os membros do Conselho de Ministros da Comunidade Económica dos Estados da África Central (CEEAC) analisam quinta-feira, em vídeo conferência, na sua IX Sessão extraordinária, o Projecto de Estratégia Regional contra a covid-19, com a participação das ministras das Finanças e da Saúde, Vera Daves e Sílvia Lutucuta, respectivamente.

O certame, que teve início hoje, analisou a situação política e de segurança na República Centro Africana (RCA), com base no relatório do Secretário-Geral da CEEAC, elaborado pelo Mecanismo de Alerta Rápido da África Central (MARAC).

A sessão, também por videoconferência, contou com a participação do ministro das Relações Exteriores de Angola, Téte António, e foram abordados, entre outros assuntos, a pré-selecção dos membros da Comissão da CEEAC.

De acordo com o informe a que a Angop teve acesso, foi igualmente abordado o processo de pré-eleição, que visa preencher os cargos de presidente da Comissão, função para a qual a República de Angola concorre com o embaixador Gilberto da Piedade Veríssimo, actual Secretário Executivo Adjunto para os Assuntos Políticos da Comissão do Golfo da Guiné, e um de vice-presidente.

Existem ainda cinco vagas para comissários por preencher, designadamente para os Assuntos Políticos, Paz e Segurança, Mercado Comum, Assuntos Económicos Monetários e Financeiros, Ambiente, Recursos Naturais e Desenvolvimento Rural, Promoção do Género, Desenvolvimento Humano e Social, e Ordenamento do Território e Infra-estruturas.

No encontro de hoje, segundo o documento, foi analisada a nota de informação elaborada pelo secretariado da CEEAC sobre as modalidades de organização da próxima Sessão da Conferência de Chefes de Estado e de Governo da CEEAC.

Integram também a delegação angolana a Secretária de Estado para as Relações Exteriores, Esmeralda Mendonça, e altos funcionários dos Departamentos Ministeriais convidados.

A CEEAC foi criada em Libreville, Gabão, em Outubro de 1983 e agrega Angola, Camarões, Burundi, Tchade, Gabão, Guiné-Equatorial, República Centro Africana, República Democrática do Congo (RDC), República do Congo, Ruanda e São Tomé e Príncipe.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Designed by nzaylakasesa,lda.