Operação de transporte do material de biossegurança próximo do fim

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Pelo menos trezentas e quinze (315) toneladas de material diverso de biossegurança e hospitalar, do lote de 380 adquiridas pelo Executivo Angolano à China, para a prevenção e o combate à covid-19, encontram-se já no país.

Ao fim do décimo voos efectuados pela companhia aérea nacional TAAG, Angola recepcionou 83 por centos da quantidade prevista, com destaque para 260  ventiladores entre invasivos e não invasivos ((de 300 comprados) e mais de duas mil camas para cuidados intensivos.

Na manhã de hoje (quinta-feira), o país recebeu mais cerca de 25 toneladas, resumidas em material de biossegurança e alguns hospitalares.

Testemunhou a recepção da mercadoria, no Aeroporto Internacional 4 de Fevereiro, o secretário de Estado para Saúde Hospitalar, Leonardo Inocêncio, que na ocasião destacou a chegada de dezanove (19) ventiladores não invasivos, numa oferta do Banco de Fomento Angola (BFA).

O dirigente salientou, que o ministério da Saúde, através da Central de Compra e Aprovisionamento de Medicamentos e Meios Médicos de Angola (CECOMA), já fez chegar esses equipamentos e meios de protecção individual e outros materiais de biossegurança a cerca de 95% das províncias do país.

Sobre a problemática dos ventiladores, Leonardo Inocêncio explicou que o Governo adquiriu 300 ventiladores à China, mas algumas instituições bancárias como o BNI e o BFA, paralelamente, ofereceram 35 e 19 respectivamente, aliados aos já preexistentes.

No seguimento, o secretario de Estado para Saúde Hospitalar adiantou que a província da Huíla, recebeu quatro ventiladores (aguarda por mais) e que nos próximos dias outras províncias vão beneficiar dos mesmos.

Pelo terceiro dia consecutivo, Angola não regista casos positivos de covid-19, mantendo-se assim 86 casos confirmados,  quatro óbitos, 18 recuperados e 64 casos activos, com um paciente em cuidados especiais, numa altura em que faltam 65 toneladas de meios para se atingir a meta de 380.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Designed by nzaylakasesa,lda.