Angela Merkel e Xi Jinping decidem adiar cimeira UE-China prevista para setembro

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

A chanceler alemã, Angela Merkel, decidiu adiar a cimeira entre a União Europeia e a China, que estava prevista para 14 de setembro, o que foi justificado com a pandemia do novo coronavírus.

A decisão foi comunicada ao Presidente chinês, Xi Jinping, durante uma chamada telefónica, em que também participou o presidente do Conselho Europeu, Charles Michel, informou hoje um porta-voz do Governo alemão.

“Acordaram que, devido à pandemia do coronavírus, não seria possível realizar (a cimeira) na data prevista, pelo que se fará depois”, adiantou o porta-voz, em mensagem distribuída através da rede social Twitter, na qual disse ainda que as três partes tinham realçado “a relevância” do encontro.

Na semana passada, o ministro dos Negócios Estrangeiros alemão, Heiko Maas, qualificou o diálogo com a China como uma das “prioridades” da Alemanha, quando desempenhar a presidência rotativa da União Europeia, a partir de 01 de julho, tendo na altura recusado o adiamento da cimeira, que ia ter Hong Kong como um dos temas centrais.

“Precisamente neste caso, é preciso sentar-se à mesa, enquanto União Europeia, com uma posição única, para falar dos temas desagradáveis”, dissera então Maas.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Designed by nzaylakasesa,lda.