Governo vai contruir mais um Hospital de Campanha com 200 camas

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

O material para a construção do Hospital de Campanha, com 200 camas, para internar e tratar pacientes com Covid-19, começou a chegar hoje, quarta-feira, na cidade do Dundo, província da Lunda Norte.

Até sexta-feira, segundo o governador da Lunda Norte, Ernesto Muangala, que recebeu o primeiro material, estarão na província o resto dos equipamentos para a construção do hospital que se prevê na Centralidade do Mussungue ou no distrito urbano do Dundo, num período de sete dias.

A unidade sanitária contará com serviços de cuidados intensivos, intermédio e atendimento geral, onde serão instalados ventiladores, um laboratório de análises clínicas, monitores, bombas de perfusão e infusão, máquinas de hemodiálise, raio X, bloco operatório, área de esterilização, entre outros.

O projecto do Governo angolano, enquadra-se na estratégia e/ou instalação de unidades sanitárias de referência, para fazer face a qualquer epidemia ou pandemia que possa surgir.

Ernesto Muangala considerou ser uma mais-valia para a província que tem uma extensa fronteira com a República Democrática do Congo, onde já se regista mais de três mil casos positivos.

Disse que os espaços escolhidos para a instalação do hospital, têm as condições exigidas (água e energia eléctrica) e amanhã começam a chegar os técnicos que farão a construção do mesmo.

Desde o surgimento da pandemia no mundo, Angola regista 86 casos positivos, dos quais quatro resultaram em óbito, 18 recuperados e 64 doentes activos, sendo 90 por cento dos pacientes assintomáticos.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Designed by nzaylakasesa,lda.