Hospital do Lubango reabre serviços ambulatórios

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

O hospital central do Lubango António Agostinho Neto, na província da Huíla, reabriu hoje, terça-feira, a assistência médica em regime ambulatório, que havia sido suspensa em Março último, devido ao Estado de Emergência, que vigorou até 25 de Maio.

Em declarações à Angop, no Lubango, a directora-geral da unidade sanitária, Lina Antunes, disse que a decisão permite voltar a prestar, com normalidade, assistência médica sem descurar as condições de distanciamento e de prevenção à covid-19.

De entre as condições criadas, a directora avançou que foi instalada uma cabine de desinfecção, para além das consultas passarem a ser feitas em espaços amplos para evitar a aglomeração de pessoas.

As consultas externas, segundo a fonte, doravante passam a ser marcadas previamente a partir de três linhas telefónicas (933944343/933941494/933940808), na qual o paciente deverá fornecer informações para o seu encaminhamento às áreas de especialidade.

“A consulta será confirmada por mensagem, para que o utente possa se apresentar no hospital no dia indicado. É um procedimento eficaz para diminuir os aglomerados”, salientou.

Com mais de 400 funcionários, entre médicos, enfermeiros, pessoal de apoio e administrativo, o hospital António Agostinho Neto tem 520 camas para internamento em duas torres e atende uma média diária de 300 pessoas.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Designed by nzaylakasesa,lda.