Kompany recusa oferta para se tornar técnico-auxiliar de Guardiola

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

O belga Vincent Kompany, que tem contrato com o Anderlecht até 2022, recusou a oferta do Manchester City, que propôs o cargo de técnico-auxiliar de Pep Guardiola, informaram vários meios de comunicação belgas nesta sexta-feira.

Revelado pelo Anderlecht, “Vince the Prince” passou dez anos de sua carreira no City, antes de retornar ao clube de Bruxelas em julho de 2019.

Apesar de nunca ter escondido sua ambição de um dia se tornar técnico do Manchester City (com o qual conquistou quatro títulos de campeão da Inglaterra), o belga (de 34 anos) decidiu continuar sua aventura no Anderlecht para além de 2022, disse ele em um comunicado.

Segundo o jornal La Dernière Heure/Les Sports, Kompany também decidiu investir no clube em que foi revelado, atualmente em dificuldades financeiras.

Na quinta-feira, o clube que tem mais títulos na Bélgica anunciou seu novo cronograma, com o presidente Marc Coucke dando seu lugar a Wouter Vandenhaute.

Quanto a Kompany, ele será jogador, diretor desportivo e acionista.

O Anderlecht terminou apenas em oitavo no último campeonato, sua pior colocação no pós-guerra.

No City, Pep Guardiola está procurando um novo braço direito após a saída de Mikel Arteta para o Arsenal.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Designed by nzaylakasesa,lda.