Polícia detém 76 garimpeiros de ouro na Huíla

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

A Polícia deteve 76 cidadãos, esta semana, por tráfico ilícito de ouro, nos municípios de Chipindo e da Jamba, província da Huíla, anunciaram hoje as autoridades locais.

Segundo o porta-voz da delegação provincial do Ministério do Interior, Manuel Halaiwa, foram desmantelados cinco núcleos de exploração ilícita desse metal, no âmbito da Operação Transparência levada a cabo naquela região.

O responsável, citado pela agência noticiosa angolana, Angop, avançou que foram apreendidas duas viaturas, 15 motorizadas, duas gramas de suposto ouro, 750 quilogramas de cascalho e utensílios de exploração.

Manuel Halaiwa referiu que os detidos foram presentes ao Ministério Público e na sequência foram abertos processos-crimes para a sua responsabilização.

Com o início dos trabalhos de exploração de ouro no município de Chipindo, há três anos, e de prospeção em 2018, na Jamba, cidadãos das províncias de Benguela, Huambo e Luanda recorrem a essas zonas para o tráfico ilícito daquele metal.

Em 2019, um deslizamento de terra provocou a morte de 16 garimpeiros de ouro, no município de Chipindo.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Designed by nzaylakasesa,lda.