BAD aceita pedido dos EUA e lança investigação externa à gestão do presidente

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

A direção do Banco Africano de Desenvolvimento (BAD) aceitou lançar uma investigação externa e independente à gestão do presidente, Akinwumi Adesina, na sequência desta exigência feita pelos EUA e apoiada pelos países nórdicos.

De acordo com a agência de informação financeira Bloomberg, a direção do BAD concordou com o secretário de Estado das Finanças dos Estados Unidos, que defendeu uma investigação externa por ter “profundas preocupações” com o relatório original que ilibou Adesina de favorecimento e de nepotismo na gestão desta instituição multilateral financeira.

Ao pedido dos Estados Unidos juntou-se a Suécia, a Noruega e a Dinamarca, para além de outros países não identificados no artigo da Bloomberg, que cita duas pessoas que conhecem a decisão, que ainda não foi anunciada oficialmente, e que pode obrigar Adesina a afastar-se da liderança do banco até à conclusão do processo.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Designed by nzaylakasesa,lda.