Ministro das Finanças da Guiné Equatorial defende liderança de Adesina no BAD

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

O ministro das Finanças, Economia e Planeamento da Guiné Equatorial defendeu hoje a liderança de Akinwumi Adesina no Banco Africano de Desenvolvimento (BAD), considerando que o banco tem um papel fundamental no desenvolvimento do continente.

“A covid-19 é um desafio sem precedentes, mas este momento de crise também apresenta oportunidades, e acredito que a covid-19 pode, inadvertidamente, desencadear um futuro melhor em África”, escreve Cesar Abogo num artigo difundido hoje, no qual acrescenta que “para isso acontecer é preciso que a instituição bandeira de África, o BAD, seja mais forte do que nunca”.

No artigo, o ministro das Finanças da Guiné Equatorial mostra o apoio ao Presidente, acusado por um grupo de funcionários anónimo de favorecimento dos seus compatriotas nigerianos e de prepotência.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Designed by nzaylakasesa,lda.